Maior corrida com obstáculos do mundo é sucesso em Lauro Müller

Black-Trunk_Estancia-Pe-da-Serra

O município de Lauro Müller foi palco neste domingo (17) de mais uma grande competição esportiva que reuniu atletas de diferentes regiões do país. A Black Trunk Race Apocalipse, considerada a maior corrida com obstáculos inspirados em exercícios militares do mundo, foi realizada na Estância Pé da Serra, em meio aos cânions da estrada mais espetacular do mundo, a Serra do Rio do Rastro.

O evento, promovido em parceria com o Governo do Município, reuniu cerca de 300 participantes que a cada quilômetro buscaram superar seus próprios limites. Dirceu Machado de Souza Neto, de 33 anos, encarou o desafio mesmo com um de seus braços paralisado. “Sofri um acidente de moto e perdi todo movimento do meu braço esquerdo. Participar de uma prova como essa é gratificante demais, renovo minhas energias para superar os obstáculos da vida”, relatou o atleta.

A competição foi dividida em dois níveis: de dez quilômetros com 20 obstáculos e 21 quilômetros com 30 obstáculos, entre eles rastejar sob arames farpados, correr entre labaredas e cruzar barreiras de água por corda ou a pé.

O grande campeão da prova foi César Alonso de Oliveira, de Balneário Camboriú, que completou o percurso dos 21 quilômetros em 1h51min. Na categoria dos dez quilômetros, o primeiro colocado foi Alexandre Aguiar da Silva, morador de Florianópolis, com o tempo de 52min.

Segundo o organizador do evento, Alessandro Custódio, a competição foi um sucesso. “A Black Trunk Race Apocalipse foi aprovada pelos participantes, como já era o esperado. Os atletas correram em um local com cenários paradisíacos, o que contribui para que superassem seus próprios desafios e concluíssem o percurso tão desafiador”, disse Custódio.

O prefeito de Lauro Müller, Fabrício Kusmin Alves, também comemorou o sucesso do evento ao lado de toda sua equipe administrativa e colaboradores do Governo do Município que prestaram auxílio no evento. “Nosso município está ficando marcado por grandes competições esportivas. Isso contribui com diretamente com o fortalecimento do setor turístico. É por isso que nossa gestão dá total apoio e corre atrás para que mais eventos como este sejam realizados, afinal é nome de Lauro Müller sendo levado para todo o país e o mundo”, comemorou Fabrício.

Além de profissionais do Governo do Município, o Grupo de Escoteiros Serra do Rio do Rastro auxiliou na realização do evento.

Acesse para ler a reportagem e ver mais imagens – Fonte e imagens: Sul in Foco – 17/05/2015.

Estância Pé da Serra reúne profissionais da comunicação e inicia atendimento de forma oficial

O III Encontro de Profissionais da Área de Comunicação, realizado neste domingo (12), no empreendimento turístico Estância Pé da Serra, marcou oficialmente o início do atendimento ao público. O anúncio foi feito pelo empresário Mercilo Rigon, que se emocionou ao lembrar-se das adversidades que enfrentou para que depois de mais de dez anos pudesse dizer finalmente que estava preparado para começar a receber pessoas para hospedagem.

Representantes de diversos veículos de comunicação da região Sul catarinense (Portais Sul in Foco e Engeplus, jornal A Tribuna, rádios Cruz de Malta, Machadinho FM, Guarujá de Orleans, Guarujá de Florianópolis e Cultura FM)  compareceram ao evento. No total, mais de 30 pessoas marcaram presença no empreendimento preparado em um local com cenários paradisíacos, entre os cânions da Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller.

O anfitrião, ao lado de seus familiares, ofereceu a seus convidados um delicioso almoço. Além de jornalistas e radialistas, a confraternização reuniu também o prefeito de Lauro Müller, Fabrício Kusmin Alves, que estava acompanhado de sua família, o ex-prefeito de Orleans, Gelson Luiz Padilha, o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Eliandro Bett Giongo, prefeito de Armazém, Jaime Wensing, vereador Alan Jung Crocetta, além de outros convidados.

“Até então buscamos fazer todos os investimentos necessários para que pudéssemos acolher da melhor forma possível os turistas que desejam vir até aqui. Foram muitas as batalhas e superações para poder chegar hoje aqui e dizer que estamos de portas abertas para atender ao público”, mencionou Rigon.

A Estância Pé da Serra, além de uma área para festas e eventos, conta com três casas, cada uma delas com acomodações para até nove pessoas. Os atendimentos são feitos apenas com reserva. Os interessados podem ligar no número (48) 9166-9223.

Black Trunk Race

A Estância Pé da Serra receberá no dia 17 de maio a Black Trunk Race Apocalipse, a maior corrida com obstáculos do mundo. O percurso terá 21km e 30 obstáculos. Um dos organizadores da prova, Alessandro Custódio, participou do evento neste domingo (12) e fez ao lado do prefeito Fabrício o lançamento oficial do evento, que promete atrair atletas de todo país.

“Temos buscado, cada vez mais, trazer eventos como este para o nosso município, que leva o nome de nossa cidade para outras regiões do país. O Governo do Município investe no setor do turismo, pois acredita que é uma forte alternativa para o desenvolvimento econômico de Lauro Müller”, registrou o prefeito.

A propriedade

A Estância Pé da Serra é um empreendimento projetado pelo empresário Mercílo Rigon para atrair turistas de todo o mundo. O local é perfeito para quem busca a paz, o sossego do interior e a harmonia com a natureza.

Para chegar até a fazenda, é necessário subir por uma estrada de chão, denominada de Serrinha, já que as inúmeras curvas e o aclive acentuado recordam a Serra do Rio do Rastro.

A propriedade possui 300 hectares e conta com 30 açudes, um pomar, três casas para moradia, piscinas, 30 quilômetros de trilhas que levam a locais fantásticos, além do salão para eventos.

Acesse para ler a reportagem e ver mais imagens – Fonte e imagens: Sul in Foco – 12/04/2015.

Lauro Müller será palco da maior corrida com obstáculos do mundo

Considerada uma das estradas mais bonitas do planeta, a Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller, será palco de mais um grande evento esportivo. Desta vez, será a maior corrida com obstáculos inspirados em exercícios militares do mundo. A Black Trunk Race Apocalipse terá 21 quilômetros com 30 obstáculos e será realizada no dia 17 de maio na Estância Pé da Serra.

Nessa segunda-feira (23) o organizador do evento, Alessandro Custódio, esteve em Lauro Müller, onde apresentou detalhes da competição ao prefeito Fabrício Kusmin Alves. O encontro, realizado no Paço Municipal, contou com a participação de lideranças municipais, entre elas o secretário de Agricultura e Turismo, Eliandro Bett Giongo, e o proprietário da Estância Pé da Serra, Mercilo Rigon.

“Esse tipo de prova é supertradicional nos Estados Unidos e Europa, mas nenhuma é tão longa e com tantos obstáculos quanto a BTR Apocalipse. Nosso público sempre pediu uma prova mais longa, mais desafiadora. Essa corrida está sendo aguardada por muitos atletas”, comenta Custódio.

Cerca de 500 atletas são esperados para participar da competição, que irá contar com apoio do Governo do Município. “Temos incentivado a realização de eventos esportivos como esse, que leva o nome de nosso município para todo país, movimentando e contribuindo com o crescimento do setor turístico de Lauro Müller”, registrou o prefeito Fabrício.

As inscrições para a Black Trunk Race podem ser feitas pelo site www.blacktrunkrace.com.br, a partir de R$ 200,00 + taxa (primeiro lote).

Colaboração: Assessoria de Imprensa/Governo de Lauro Müller

Acesse para ler a reportagem e ver mais imagens – Fonte e imagens: Sul in Foco – 24/03/2015.

I Seminário de Turismo Rural será realizado em Lauro Müller

post_Turismo-Lauro-MüllerO Governo do Município de Lauro Müller, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Turismo e Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Epagri vai promover na próxima segunda-feira (3), o I Seminário Municipal de Turismo Rural do município. O objetivo da promoção é reunir cerca de 50 pessoas, entre empresários donos de pousadas, restaurantes, lanchonetes e outras pessoas ligadas à área de turismo do município.

O encontro será realizado na propriedade Estância Pé da Serra, do empresário Mercilo Rigon. Com o tema, as Interface do Turismo, o seminário vai iniciar às 9 horas. Entre as atrações da programação está a palestra com a presidente da Associação Neoveneziana de Turismo – ANET,  Larissa Bortolotto, que irã abordar uma série de assuntos relacionados ao setor.

Para encerrar o encontro, após o almoço, a equipe da Secretaria de Agricultura e Epagri farão a apresentação das ações desenvolvidas na área e junto dos participantes irão elaborar um planejamento para ser executado no município.

Fonte e imagens: Sul in Foco – 02/11/2014.

A partir de diagnóstico, região começa a planejar ações

post_8113b595600c35041ece068415840ff9 Sob olhares atentos de prefeitos e vereadores da região, a SATC apresentou ontem, num dos auditórios da instituição, o diagnóstico sobre o potencial de desenvolvimento turístico dos 12 municípios que compõem a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec). O relatório de mais de 7 mil páginas foi resumido numa apresentação de aproximadamente duas horas, com ênfase nos aspectos geográficos, históricos, culturais e na percepção que a população local tem do turismo.

Conforme reportagem do Portal Clicatribuna, a elaboração do estudo partiu da ideia de que a atividade não pode ser pensada de forma isolada entre um município e outro, mas regionalmente. “Turismo é regional. Se já existem algumas ações isoladas, ótimo, mas precisamos pensar na região”, frisou o coordenador do estudo, Ari Azambuja de Oliveira. Os 14 profissionais envolvidos percorreram mais de 10 mil quilômetros pelos municípios, conforme a SATC.

O resultado foi a criação do circuito “Rastros e Segredos do Sul”, que está pronto para ser viabilizado tão logo o Poder Público decida fazê-lo.

Desconhecimento por parte da população

Um fato destacado pelos profissionais que trabalharam no estudo foi o desconhecimento por parte da população em relação ao potencial turístico da região. Uma pesquisa foi feita com 1.161 entrevistados em todos os 12 municípios. Na primeira pergunta do questionário, sobre se a região tem potencial turístico, mais de uma a cada quatro pessoas disseram que não.

Depois, ao longo da pesquisa, os entrevistados foram estimulados a refletir sobre os pontos turísticos da região, por meio de perguntas. Ao fim, questionados se recomendariam a um amigo fazer turismo na Região Carbonífera, quase todos disseram que sim. O estudo levantou vários aspectos relevantes da região para o desenvolvimento do turismo, muitos desconhecidos pela maior parte da população. A Serra do Rio do Rastro, de Lauro Müller, por exemplo, foi considerada pelo geólogo inglês Israel Charles White como uma evidência da teoria da deriva continental – que diz que todos os continentes eram apenas um no início da formação da Terra. Siderópolis tem o maior paredão para escalada do Brasil, o Morro da Mina.

Base para traçar ações

Para o prefeito de Lauro Müller e presidente da Amrec, Fabrício Kusmin Alves, o processo de desenvolver turismo é lento. “A partir do diagnóstico, poderemos traçar um conjunto de ações na região. O grande desafio agora é colocar em prática e fazer funcionar”, ponderou.

O estudo sugeriu a instalação de três centros de atendimento ao turista: um em Lauro Müller, que já está sendo criado, e dois na BR-101, para divulgar os pontos turísticos a quem trafega pela rodovia federal.

O levantamento foi contratado em setembro pela Amrec, com apoio do Governo do Estado. O estudo deveria ter sido apresentado em fevereiro. O atraso, segundo o coordenador do diagnóstico, é justificado pelo fato de que o Estado ainda não pagou a parte que lhe cabe – R$ 60 mil, do total de R$ 115 mil. “Mesmo assim, decidimos continuar o projeto, mesmo com o déficit”, concluiu Oliveira.

Municípios ainda precisam trilhar longo caminho

Apesar de ter em seu território uma beleza natural tão especular como a Serra do Rio do Rastro, o município de Lauro Müller precisa trilhar um grande caminho para atingir todo o seu potencial turístico.

Assim como muitas cidades do Sul catarinense, o planejamento aliado a investimentos públicos e privados precisa ser feito para atrair os turistas. Foi apostando neste grande potencial que há 12 anos o aposentado Mercilo Rigon, de 66 anos, adquiriu uma propriedade em Lauro Müller. São 180 hectares, com 30 cachoeiras e cerca de 40 açudes e uma beleza surpreendente. “Estamos construindo casas para receber as famílias para hospedagens e montando a estrutura para receber os turistas. Um local para eventos, atualmente, já recebe visitantes”, conta o empreendedor, que é natural de Palmito, no Oeste do estado.

Cinco casas devem estar concluídas nos próximos meses na Estância Pé da Serra para começar a receber os turistas. O visitante poderá realizar as trilhas de quadriciclo, a pé ou mesmo a cavalo, visitar os pomares, passear de charrete. As crianças poderão ainda conhecer a “casa do lobo mau” em meio à mata. “Dos 12 municípios da Região Carbonífera, a intenção é fazer da propriedade um carro-chefe para o turismo”, conta Rigon. Do centro de Lauro Müller são aproximadamente 15 quilômetros até o local, passando pelo Distrito de Guatá.

Benefício para toda a região

O empreendedor já investiu aproximadamente R$ 2 milhões no local. Somente para dar melhores condições à estrada que dá acesso à estância, foram R$ 150 mil. “Precisamos contar com o apoio das administrações públicas para que os empreendedores se sintam motivados a investir. São muitos fatores que precisam ser melhorados e desenvolvidos para se criar pontos turísticos que atraiam as pessoas. Eu não quero ficar sozinho. Quando um turista vem para uma cidade ou região, ele quer circular, conhecer”, observa.

Cidade é o início da Rota Encantos do Sul

De acordo com o secretário de Agricultura e Turismo de Lauro Müller, Eliandro Giongo, a administração atual está focada no turismo e no segmento agrícola para promover o desenvolvimento da cidade. “Lauro Müller não é o fim da linha, e sim o início da Rota Encantos do Sul. Não queremos apenas os turistas passando pela cidade para direcionar a outras regiões, e sim parando aqui. Ficamos felizes por saber que a cidade tem um grande potencial turístico, mas com isso se constata que muito pouco foi feito até agora”, comenta o secretário.

Giongo conta que ações estão sendo elaboradas para este ano. “Estamos realizando um cadastro único de pousadas, restaurantes, para atualização do site. Três grandes eventos esportivos estão programados. Em parceria com o Sebrae, queremos que os empreendedores possam ter condições de investir e também de se capacitar”, acrescenta o secretário.

Acesse para ler a reportagem – Fonte e imagem: Sul in Foco – 03/07/2014.