Maior corrida de obstáculos do mundo é sucesso em Lauro Müller

O município de Lauro Müller foi palco neste domingo (17) de mais uma grande competição esportiva que reuniu atletas de diferentes regiões do país. A Black Trunk Race Apocalipse, considerada a maior corrida com obstáculos inspirados em exercícios militares do mundo, foi realizada na Estância Pé da Serra, em meio aos cânions da estrada mais espetacular do mundo, a Serra do Rio do Rastro.

O evento, promovido em parceria com o Governo do Município, reuniu cerca de 300 participantes que a cada quilômetro buscaram superar seus próprios limites. Dirceu Machado de Souza Neto, de 33 anos, encarou o desafio mesmo com um de seus braços paralisado. “Sofri um acidente de moto e perdi todo movimento do meu braço esquerdo. Participar de uma prova como essa é gratificante demais, renovo minhas energias para superar os obstáculos da vida”, relatou o atleta.

A competição foi dividida em dois níveis: de dez quilômetros com 20 obstáculos e 21 quilômetros com 30 obstáculos, entre eles rastejar sob arames farpados, correr entre labaredas e cruzar barreiras de água por corda ou a pé.

O grande campeão da prova foi César Alonso de Oliveira, de Balneário Camboriú, que completou o percurso dos 21 quilômetros em 1h51min. Na categoria dos dez quilômetros, o primeiro colocado foi Alexandre Aguiar da Silva, morador de Florianópolis, com o tempo de 52min.

Segundo o organizador do evento, Alessandro Custódio, a competição foi um sucesso. “A Black Trunk Race Apocalipse foi aprovada pelos participantes, como já era o esperado. Os atletas correram em um local com cenários paradisíacos, o que contribui para que superassem seus próprios desafios e concluíssem o percurso tão desafiador”, disse Custódio.

O prefeito de Lauro Müller, Fabrício Kusmin Alves, também comemorou o sucesso do evento ao lado de toda sua equipe administrativa e colaboradores do Governo do Município que prestaram auxílio no evento. “Nosso município está ficando marcado por grandes competições esportivas. Isso contribui com diretamente com o fortalecimento do setor turístico. É por isso que nossa gestão dá total apoio e corre atrás para que mais eventos como este sejam realizados, afinal é nome de Lauro Müller sendo levado para todo o país e o mundo”, comemorou Fabrício.

Além de profissionais do Governo do Município, o Grupo de Escoteiros Serra do Rio do Rastro auxiliou na realização do evento.

Acesse para ler a reportagem e ver mais imagens – Fonte e imagens: Destaque Sul – 17/05/2015.

Maior corrida com obstáculos do mundo é sucesso em Lauro Müller

Black-Trunk_Estancia-Pe-da-Serra

O município de Lauro Müller foi palco neste domingo (17) de mais uma grande competição esportiva que reuniu atletas de diferentes regiões do país. A Black Trunk Race Apocalipse, considerada a maior corrida com obstáculos inspirados em exercícios militares do mundo, foi realizada na Estância Pé da Serra, em meio aos cânions da estrada mais espetacular do mundo, a Serra do Rio do Rastro.

O evento, promovido em parceria com o Governo do Município, reuniu cerca de 300 participantes que a cada quilômetro buscaram superar seus próprios limites. Dirceu Machado de Souza Neto, de 33 anos, encarou o desafio mesmo com um de seus braços paralisado. “Sofri um acidente de moto e perdi todo movimento do meu braço esquerdo. Participar de uma prova como essa é gratificante demais, renovo minhas energias para superar os obstáculos da vida”, relatou o atleta.

A competição foi dividida em dois níveis: de dez quilômetros com 20 obstáculos e 21 quilômetros com 30 obstáculos, entre eles rastejar sob arames farpados, correr entre labaredas e cruzar barreiras de água por corda ou a pé.

O grande campeão da prova foi César Alonso de Oliveira, de Balneário Camboriú, que completou o percurso dos 21 quilômetros em 1h51min. Na categoria dos dez quilômetros, o primeiro colocado foi Alexandre Aguiar da Silva, morador de Florianópolis, com o tempo de 52min.

Segundo o organizador do evento, Alessandro Custódio, a competição foi um sucesso. “A Black Trunk Race Apocalipse foi aprovada pelos participantes, como já era o esperado. Os atletas correram em um local com cenários paradisíacos, o que contribui para que superassem seus próprios desafios e concluíssem o percurso tão desafiador”, disse Custódio.

O prefeito de Lauro Müller, Fabrício Kusmin Alves, também comemorou o sucesso do evento ao lado de toda sua equipe administrativa e colaboradores do Governo do Município que prestaram auxílio no evento. “Nosso município está ficando marcado por grandes competições esportivas. Isso contribui com diretamente com o fortalecimento do setor turístico. É por isso que nossa gestão dá total apoio e corre atrás para que mais eventos como este sejam realizados, afinal é nome de Lauro Müller sendo levado para todo o país e o mundo”, comemorou Fabrício.

Além de profissionais do Governo do Município, o Grupo de Escoteiros Serra do Rio do Rastro auxiliou na realização do evento.

Acesse para ler a reportagem e ver mais imagens – Fonte e imagens: Sul in Foco – 17/05/2015.

Domingo tem Apocalypse

Subidas, descidas, lama, suor e umas gotas de sague. Se chover, ainda melhor. Caso aparecer o sol escaldante, o cenário fica perfeito. Na medida que as dificuldades aumentam a Black Trunk Race Apocalypse se torna ainda mais desafiadora.

A adrenalina será compensada com a beleza da Estância Pé da Serra, onde a calma habitual será quebrada pelo pelotão de atletas. Distante 11 quilômetros do centro de Lauro Müller, a estância trabalha para se tornar polo de esportes radicais.

Depois de ciclistas, maratonistas e pilotos de carros, a Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller, recebe no domingo, 17, a maior corrida com obstáculos, inspirados em exercícios militares, do mundo. A Black Trunk terá 21 quilômetros com 30 obstáculos, e um nível com menos esforço, com 10 km de prova e 20 obstáculos.

A corrida tem obstáculos que são antecipadamente testados e pré-montado por profissionais gabaritados. As barreiras ficarão em pontos estratégicos, com o objetivo de dificultar o percurso e torna-lo mais interessante, garante o site da organização da prova. Os níveis de dificuldade dos obstáculos variam e, caso algum participante não consiga ultrapassa-los, pagará uma punição (exercícios físicos para compensar).

Os obstáculos criados estão sempre ligados à geografia local da prova, dizem os organizadores. Por mais que tenham obstáculos semelhantes em diferentes competições, sempre haverá alguma surpresa. Em reunião para definir a competição, o organizador do evento, Alessandro Custódio, a corrida é aguardada por muitos atletas. “Esse tipo de prova é supertradicional nos Estados Unidos e Europa, mas nenhuma é tão longa e com tantos obstáculos quanto a BTR Apocalipse. Nosso público sempre pediu uma prova mais longa, mais desafiadora” garante Custódio.

Do início ao fim, o competidor vai encontrar obstáculos semelhantes em diferentes competições, sempre haverá alguma surpresa. Os obstáculos são inspirados em treinamentos militares, que vão testar a capacidade física, mental e moral dos atletas. Camaradagem também tem lugar na corrida. Um competidor poderá ajudar outros participantes a transpor os obstáculos.

Cerca de 310 atletas são esperados para participar da competição. As inscrições foram encerradas na segundafeira, 11. Os primeiros colocados receberão premiação em dinheiro somente para a categoria individual para o Nível 3 (21km com 30 obstáculos), de 400 reais a R$ 1.000 para os vencedores das categorias masculino e feminino.

Fonte: O Semanário – 18/05/2015.